Tifanny se torna a 1ª transexual da Superliga de vôlei

Ponteira do Vôlei Bauru agora defenderá o time profissionalmente

Publicado em 07/12/2017
Tifanny jogando no Vôlei Bauru

A ponteira/oposta Tifanny será a primeira transexual brasileira a atuar no vôlei feminino. A atleta, integrante do Vôlei Bauru desde julho deste ano, vai reforçar o time na Superliga feminina de vôlei 2017/2018

De acordo com o site oficial do Vôlei Bauru, a intenção de Tifanny era apenas passar uma temporada com a equipe e, assim que conseguisse se recuperar da cirurgia feita na mão, retornar à Europa, onde já atuou em times de diversos países.

Confira os vídeos do Bar de Batom no YouTube

Porém, a boa receptividade do time bauruense e dos torcedores, e o fato de ficar mais perto da família, fizeram com que a atleta mudasse de ideia, decidindo então formalizar o contrato com o clube.

"O surgimento do Bauru em minha vida foi muito legal, porque mesmo na Europa eu sempre acompanhava os jogos. E quando recebi o convite para vir para o time me recuperar, fiquei muito feliz e não pensei duas vezes. É um time guerreiro que luta muito e espero que possa ajudar e só somar a esta equipe tão batalhadora. A liga feminina brasileira é uma das mais fortes do mundo e o meu nível não é diferente de nenhuma das meninas. E sei que terei muitas dificuldades contra as quais terei de lutar para ajudar a equipe. Estou muito feliz com este acerto, pois, além de voltar a atuar no meu país, ainda vou estar mais perto dos meus familiares", destacou Tifanny ao portal.

 

A post shared by Tifanny Abreu (@tifannyabreu10) on

A goiana, que tem 33 anos, nasceu Rodrigo Pereira de Abreu e já havia disputado a Superliga masculina no Brasil antes de fazer a transição de gênero. No início de 2017, ela recebeu a permissão da Federação Internacional de Voleibol (FIVB) para competir profissionalmente em ligas femininas.

Caso o processo de regularização junto à Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) seja concluído em tempo, a atleta fará parte do duelo contra o São Cristóvão Saúde/São Caetano no próximo domingo (10), às 13h, no Ginásio Panela de Pressão. O vencedor garante uma vaga na Copa do Brasil.

Foto: Reprodução/Facebook Vôlei Bauru