Série premiada nos EUA aborda o feminismo

The Marvelous Mrs. Maisel tem a estreia da segunda temporada confirmada

Publicado em 26/10/2018
duas-mulheres-protagonistas-da-série-conversam-em-um-restaurante

Foto: Divulgação/Instagram

O movimento feminista tem mais um representante de sucesso na teledramaturgia. A série The Marvelous Mrs. Maisel (em português, Maravilhosa Sra. Maisel), continua colecionando prêmios. Lançado em 2017, o seriado conquistou o Globo de Ouro em duas categorias no começo do ano e em setembro ficou com cinco prêmios Emmy, incluindo melhor série e melhor atriz, para a protagonista Rachel Brosnahan.

Temas discutidos continuam atuais

The Marvelous Mrs. Maisel é uma produção da Amazon e aborda a vida de uma dona de casa nos Estados Unidos que, na década de 1950, se divorcia. Após a decepção, ela consegue extrair boas histórias para sua atividade como humorista stand-up. Mesmo classificada como comédia, a série mostra conflitos da época — e atuais — como a inserção da mulher no mercado de trabalho, as expectativas geradas pelos pais e as imposições da sociedade quanto ao comportamento feminino.

A autora do seriado é Amy Sherman-Palladino, a mesma de Gilmore Girls, outro sucesso de público. O roteiro traz piadas inteligentes e diálogos cativantes, e também se destaca pelo figurino e ambientação de época. Outro elemento empolgante é a gradativa necessidade de independência da protagonista, até então dedicada quase integralmente aos afazeres domésticos. Com todos esses aspectos, o seriado consegue agradar não apenas o público feminino, mas qualquer um interessado em boas histórias.

A segunda temporada de The Marvelous Mrs. Maisel estreia em 5 de dezembro. No Brasil, pode ser assistida no serviço de streaming Amazon Prime Video.