Saúde íntima: 5 dicas para você começar a se cuidar

Atividades do cotidiano podem influenciar o seu bem-estar

Publicado em 05/08/2018
mulher em pé, de costas, olhando para o mar

Chá de camomila, óleo de coco e gaze podem parecer itens aleatórios, mas sabia que são grandes aliados no cuidado com a sua vagina? Por incrível que pareça, esses elementos são capazes de equilibrar o PH, evitar irritação e também a proliferação de bactérias na região, ocasionadas por situações do cotidiano. 

Piscina, academia e até mesmo o sexo são capazes de influenciar no seu bem-estar íntimo. Por isso, confira cinco dicas, fornecidas pela ginecologista Patrícia Gonçalves, em entrevista ao site da revista Claudia, que poderão contribuir com a sua saúde:

saúde íntima

1. Na praia, piscina ou no mar

Nada de ficar de biquíni molhado. A ginecologista recomenda trocar a sua roupa íntima pelo menos a cada 2 horas. Além disso, após o contato com o sal do mar ou o cloro da piscina, lave a região íntima com água doce de chuveiro ou mesmo um borrifador de água. Agora é só secar com uma toalha limpa e seca.

2. Na academia

O mesmo acontece na academia. Mantenha sempre as calcinhas secas do suor.  Caso seja necessário, faça uso de gaze (de curativo) ao invés de protetor diário.

saúde íntima

3. Na hora do banho

Lave as partes íntimas utilizando os dedos das mãos, delicadamente, retirando toda a secreção acumulada. A dica é escolher sabonete de glicerina líquido ou barra. Enxague bem. Para equilibrar o PH da vagina, invista em alternativas naturais: algodão banhado em chá de camomila, por exemplo. Passe na área externa do órgão sexual e entre os lábios menores.

4. Depois de ir ao banheiro

O ideal seria tomar banho depois de usar o banheiro. Como isso não é possível - e nem faz bem para a pele -, use lenços umedecidos neutros e sem perfume, para que não haja irritação da mucosa.

5.Durante o sexo

Utilize preservativo antialérgico, sem lubrificantes químicos, para não correr o risco de causar irritação nas suas partes íntimas. Opte por lubrificante natural - o óleo de coco é uma ótima opção.

Foto: Reprodução/Pixabay