Performances inéditas de Cássia Eller chegam à internet

Aniversário de 55 anos da cantora foi celebrado com homenagens

Publicado em 11/12/2017
Cássia Eller sorrindo

Se estivesse viva, Cássia Eller completaria no último domingo (10) 55 anos. Mas, mesmo tendo se passado 16 anos de sua morte, seu aniversário não passou em branco. A cantora foi homenageada - e os fãs presenteados - com o lançamento de dois registros inéditos nas plataformas digitais: o vídeo de performance da música Eles, gravada em 1992 no Circo Voador no Rio de Janeiro, e o single Chocante, de 1986.

Em Eles, há 25 anos, Cássia Eller já cantava sobre o direito à liberdade de todas as formas de amor. "Os meninos e as meninas, os meninos e os meninos, as meninas e as meninas, eles só querem é amar - e que os deixem em paz", cantava a artista na letra escrita por ela, Tavinho Fialho e Luiz Pinheiro. A canção é uma das únicas que Cássia compôs e interpretou.

Chocante fez parte da trilha sonora do musical Gigolôs, protagonizado por Cássia e o ator Marcelo Saback, e lançado em 1986. Este foi um dos espetáculos mais bem sucedidos da cantora, e surpreende os fãs mais recentes por resgatar uma Cássia diferente da famosa roqueira. A composição de Chocante é de Eduardo Dussek e Luiz Carlos Góes.

Nando Reis, um dos melhores amigos e parceiros musicais de Cássia Eller, também a homenageou com um registro inédito: a gravação de sua música All Star, que foi imortalizada na voz da cantora, interpretada junto com a Petrobras Sinfônica.

A gravação ocorreu no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, em show realizado em outubro. O cantor ainda recordou um trecho da canção para reverenciar a amiga. "O tom que eu canto as minhas músicas para tua voz parece exato", destacou Nando em uma foto dela no Instagram, acompanhado de "10 de dezembro".

Cássia Eller também foi homenageada pela revista CULT, que publicou na última sexta-feira (8) uma história em quadrinhos retratando uma das apresentações mais emblemáticas da cantora, no Rock In Rio de 2001.

Os autores Helô D'Angelo, Thiago Santos, Thiago Felix e Gabriel Diamantino se basearam em entrevistas cedidas por Cássia e pessoas próximas a ela para reconstruir esse show histórico, revelando a menina que também existia dentro daquela mulher. O resultado pode ser conferido aqui.

Foto: Divulgação/Facebook Cássia Eller