Busca por cabelos cacheados supera a de lisos no Google

Fato inédito representa crescimento de 232% na procura

Publicado em 10/08/2017
Busca por cabelos cacheados supera a de lisos no Google

Pela primeira vez na história, informações sobre cabelos cacheados são mais buscadas no Google do que dados sobre cabelos lisos. A constatação foi divulgada pelo próprio Google nesta segunda-feira (7) e está disponível no Dossiê BrandLab (veja completo aqui).

Segundo o documento, houve um crescimento de 232% só em 2017 na busca por cabelos cacheados na plataforma de pesquisa. Já nos últimos dois anos, esse aumento correspondeu a 309%. Também nesse período, houve 55% a mais de procura pelo termo 'transição capilar'.

O dossiê ainda chama a atenção que 24% das mulheres entre 18 e 24 anos reconhecem seu cabelo como cacheado. Para Amanda Sadi, gerente de Insights do Google BrandLab São Paulo, que conduziu o estudo, esse comportamento está diretamente relacionado ao discurso de empoderamento feminino cada vez mais difundido na internet.

"Um dos principais fatores que contribuíram para o crescimento nas buscas por cabelos cacheados foi o discurso de empoderamento feminino e de aceitação da própria beleza. Temos visto um aumento significativo de youtubers negras que estão trazendo à tona vários assuntos que são importantes para uma população que não se sentia representada", disse ao jornal O Globo.

Ela ainda reforçou à publicação que assumir os cachos é um ato político. "Aceitar os cabelos cacheados, extrapola a vaidade, joga luz em questões importantes sobre identidade e expõe a necessidade de se ter maior representatividade em todas as áreas".

Foto: Pixabay