Brasil terá 1ª mulher nos Paralímpicos de Inverno

Aline Rocha, do esqui cross-country, conquistou a vaga essa semana no Canadá

Publicado em 13/12/2017
Aline Rocha na neve

Os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Inverno 2018 nem começaram e já estão entrando para a história em conquistas femininas. Depois de um trio de nigerianas conquistar o feito de ser a primeira equipe africana, entre homens e mulheres, a se classificar no bobsled, uma brasileira será a primeira mulher do país a disputar as Paralimpíadas de Inverno.

Aline Rocha, de 26 anos, irá para PyeongChang disputar no esqui cross-country. Ela conquistou a classificação inédita para o Brasil neste domingo (10) durante a Copa do Mundo da modalidade, no Canadá. Logo na primeira prova, de Sprint 800 m, a atleta obteve a 16ª posição, ficando oficialmente classificada para os Jogos Paralímpicos de Inverno 2018.

Confira os vídeos do Bar de Batom no YouTube

Fazer algo para entrar para a história paralímpica do Brasil é, sem dúvida, uma enorme felicidade. Quero muito conquistar um grande resultado em PyeongChang e mostrar que consigo brigar pelas primeiras posições”, revelou Aline à Gazeta Esportiva.

A atleta, recordista e tetracampeã da Corrida de São Silvestre, praticava corrida de cadeira de rodas antes de entrar para o esqui cross-country. A ideia de participar da nova modalidade era, inicialmente, para se aperfeiçoar na corrida. Mas os bons resultados conquistados logo de cara a levaram a investir no esporte de inverno. 

Aline Rocha ainda foi vencedora do Prêmio Paralímpicos 2017, realizado no início do mês, na categoria Esportes de Neve. Na premiação, a paranaense, que perdeu o movimento das pernas após um acidente de carro, ainda acabou eleita a esportista da temporada das modalidades de inverno. Ela é a terceira brasileira a participar dos Jogos Paralímpicos de Inverno, depois de André Cintra, do snowboard, e Fernando Aranha, do esqui cross-country. 

Foto: Divulgação/Instagram Aline Rocha